Com que regularidade devo substituir a minha escova de dentes?

Sabes que está na hora de comprar um novo champô ou pasta de dentes quando acabam, mas como é que sabes que está na altura de comprar uma nova escova de dentes?

Introdução

Substitui a tua escova de dentes regularmente

Vamos-te dizer com que frequência deverás substituir este objeto tão importante da casa de banho, para garantir que não arranjas problemas desnecessários na tua boca ou mesmo na tua saúde.

Uma escova de dentes é um instrumento de higiene dentária que deve ser utilizado durante cerca de três meses, mas muitos de nós ignoramos esta simples regra. Há duas razões importantes para substituir uma escova de dentes com regularidade: primeiro, como resultado do uso, os filamentos começam a dobrar, removendo a placa bacteriana com menor eficácia. A segunda razão é a rápida acumulação de bactérias, cujo crescimento é mais acelerado em ambientes húmidos.

Passo 1

Passa-a por água após cada utilização e deixa-a secar

É também importante que passes a tua escova de dentes por água após cada utilização e que a deixes a secar na posição vertical.

Não precisas de tapar a tua escova de dentes; estas pequenas tampas de plástico servem apenas para proteger a tua escova enquanto é transportada. Manter a escova sempre tapada pode levar ao crescimento de grandes quantidades de bactérias de superfície na própria tampa. Para além disso, a tampa impede que os filamentos sequem devidamente, guardando a humidade e criando o ambiente ideal para que as bactérias evoluam.

Deixa a tua escova de dentes a secar na posição vertical

Passo 2

Sinais de que a tua escova de dentes está desgastada

Poderás estar a escovar os teus dentes com demasiada força

É possível que aches que as escovas de dentes concebidas com um grande número de filamentos, como as escovas Curaprox, poderão desgastar-se ainda mais depressa. Na verdade, estes filamentos ultra finos foram desenhados e testados para manter os dentes saudáveis durante três meses de uso diário.

Se os filamentos da tua escova de dentes estão desgastados e as fibras estão dobradas após apenas alguns dias ou semanas, é possível que estejas a fazer algo errado. Uma escova de dentes que se desgasta demasiado depressa é habitualmente resultado de demasiada pressão aplicada, consequência de uma técnica de escovagem imprópria.

Demasiada pressão ou técnica de escovagem incorreta

Para garantir que não cometes erros, lê as instruções de como utilizar a escova de dentes corretamente para impedires que esta se desgaste demasiado depressa ou que até danifiques os teus dentes e gengivas. Podes também perguntar ao teu dentista ou higienista dental sobre o uso correto de uma escova de dentes.

Passo 3

Deita fora a tua escova de dentes se estiveste doente

Se estiveste doente recentemente, é uma boa ideia substituíres a tua escova de dentes - mesmo que pareça estar em bom estado. Na verdade, a tua escova de dentes deve ser trocada após a recuperação de uma infeção viral ou bacteriana. Mesmo que tenhas apenas sofrido de uma constipação ou outra doença infeciosa, não hesites - compra uma nova.

Deita fora a tua escova de dentes se estiveste doente

Três coisas para ter em conta

Uma escova de dentes desgastada não limpa os teus dentes de forma tão eficaz.

  1. Substitui a tua escova de dentes de três em três meses para evitar filamentos dobrados e a acumulação de bactérias.
  2. Não apliques demasiada pressão. Uma escova de dentes desgasta-se demasiado depressa se exerceres demasiada pressão ou se tiveres uma técnica de escovagem imprópria.
  3. Troca de escova imediatamente após doença. É boa ideia adquirir uma nova escova de dentes após uma constipação ou outra doença infeciosa. Caso não o faças, a doença poderá regressar.